de época

“A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade.
A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional.”

Carlos Drummond de Andrade

Morreu Pôncio Monteiro

Homem do Norte.
Defensor do FCP e acima de tudo das suas convicções.
Comentador pragmático e com carisma.
Senhor de humor apurado inteligência astuta e capacidade de ironia pouco vista.
Sem perder a compostura foi sempre digno e respeitado pelos "adversários" do momento e marcou o panorama do debates desportivos.
Perdemos um grande Português ... um dos maiores Homens do Norte.
Nunca será esquecido.

quem assegura a espécie Europa?

"Maioria de Estados-membros contra proposta de alargamento da licença de maternidade para 20 semanas."
por Agência Lusa , Publicado em 06 de Dezembro de 2010

E assim a Velha Europa cairá de caquética... 
E raro será o Europeu entre os demais que proliferam...
E quem não tiver filhos porque não quer é simples: não tem reforma.

Neste Natal em vez de prendas:

dê um donativo para a Operação Nariz Vermelho e leve gargalhadas ás crianças que passarão o Natal no hospital e a outras que não se sabe se até lá chegarão.



Sophia de Mello Breyner Andresen

«Na minha infância, antes de saber ler, ouvi recitar e aprendi de cor um antigo poema tradicional português, chamado Nau Catrineta. Tive assim a sorte de começar pela tradição oral, a sorte de conhecer o poema antes de conhecer a literatura. Eu era de facto tão nova que nem sabia que os poemas eram escritos por pessoas, mas julgava que eram consubstanciais ao universo, que eram a respiração das coisas, o nome deste mundo dito por ele próprio.»

Sophia de Mello Breyner Andresen, Arte Poética V

Adeptos Marrokinos a caminho da Cidade Berço !

Vitória 2 - 1 Marrokinos

"Apito comboio, lá vai apitar.

Apito comboio, à beira do mar.

À beira do mar, mesmo à beirinha.

Apito comboio, no centro da linha.

À beira do mar, debaixo do chão,

Apito comboio lá na estação.

À beira do mar, debaixo do chão,

Apito comboio lá na estação"

Identidade

Preciso ser um outro
para ser eu mesmo

Sou grão de rocha

Sou o vento que a desgasta

Sou pólen sem insecto

Sou areia sustentando
o sexo das árvores

Existo onde me desconheço
aguardando pelo meu passado
ansiando a esperança do futuro

No mundo que combato morro
no mundo por que luto nasço



Mia Couto, in "Raiz de Orvalho e Outros Poemas"

escrita criativa

Não há nada como investir no conhecimento e é o que me espera este fim de semana!

Obras na Alameda São Damaso - Guimarães

"Operação delicada ao centro histórico" este é o titulo do artigo do JN de 2010-10-11 escrito por Carlos Rui Abreu.

E assim dão inicio as famosas obras para a Capital Europeia da Cultura 2012. Na minha opinião obras de beneficiação de passeios, criação de mais zonas verdes e de estratégias de trânsito menos caóticas para uma zona com tanto simbolismo histórico são necessárias... mas digo com toda a sinceridade que me sinto apreensiva com o que irá sair dali. Isto porque o Largo da Mumadona foi e é uma grande desilusão a todos os niveis: desde o revestimento malhado e constantemente deteriorado, ao formato da "praça/rotunda", passando pela frieza das cores utilizadas, da falta de vegetação, da parca ou inexistência utilidade do espaço, colmatando no "espeto" e posição em que colocaram a Mumadona.

Tenho esperança que esta intervenção urbanistica na zona do Toural seja agradável a moradores, lojistas e turistas, e que tenham aprendidos com os erros do passado e que mais nenhuma zona histórica de Guimarães nos encha de tristeza.

Porque como ouço dizer os comentadores desportivos "em equipa vencedora não se mexe". Assim sendo para pior é melhor nem fazer obras e gastar o dinheiro em regalias visiveis e sentidas pelos habitantes da cidade de Guimarães.

The Mandala Hotel - Potsdamer Straße - Berlin

 Lobby
 QIU Lounge - staircase
 Restaurant FACIL
Superior Suite
 Superior Suite - Day Bed
 Bathroom
 ONO SPA
ONO SPA - Alpha Space

tara de grades

* adoro grades, vedações, portões, portas. Principalmente de ferro e madeira

o meu farol

O feriado foi bem passado! Sem euforias e com um dia tal e qual eu gosto. Contagiados com o panda kung fu e de maçarico em punho demolimos uma churrasqueira de tijolo, recolhemos o entulho, apanhou-se ervas daninhas e em estaca plantou-se arbustos. Para terminar um lanche reforçado com camarão grelhado e picadinho! hummm mas que feriado tão bem passado em familia e assim sem esperar como acontecem as surpresas boas! Para terminar assistimos ao hilariante filme casa das coelhinhas!
Pensei que chegasse ao tão merecido vale dos lençois e aterrasse mas não... enfim , o meu farol entrou em profunda acção. Consciente e inconscientemente projectei-me no futuro, num curto prazo de anos. Ponderei, reflecti, aventurei-me em sonhos deliciosos e em busca de caminhos, supus, mais sinuosamente interessantes .
Vi-me no meu destino, nos meus pensamentos, nesta  minha viagem de sonhos estava eu, sozinha num desconhecido. Sabia que, podendo ou não alcançar, desejava tão ferozmente viver o que me pertence e o que faz bem aos meus.
Nesse sonho, de olhos bem abertos, fui poeta terrorista errante, fada sem vestes douradas e fui tão intrinsecamente eu.
Nesta surpreendente e incessante procura de mim em minutos encontrei-me com o meu farol.
O que mais me apaixona agora, que descrevo este meu feriado, é o cheiro dessa aventura que é o desejar.

Lista Negra

420.000,00 € TAP administrador Fernando Pinto
371.000,00 € CGD administrador Faria de Oliveira
365.000,00 € PT administrador Henrique Granadeiro
250.040,00 € RTP administrador Guilherme Costa
249.448,00 € Banco Portugal administrador Vítor Constâncio
247.938,00 € ISP administrador Fernando Nogueira
245.552,00 € CMVM Presidente Carlos Tavares
233.857,00 € ERSE administrador Vítor Santos
224.000,00 € ANA COM administrador Amado da Silva
200.200,00 € CTT Presidente Mata da Costa
134.197,00 € Parpublica administrador José Plácido Reis
133.000,00 € ANA administrador Guilhermino Rodrigues
126.686,00 € ADP administrador Pedro Serra
96.507,00 € Metro Porto administrador António Oliveira Fonseca
89.299,00 € LUSA administrador Afonso Camões
69.110,00 € CP administrador Cardoso dos Reis
66.536,00 REFER administrador Luís Pardal: Refer
66.536,00 € Metro Lisboa administrador Joaquim Reis
58.865,00 € CARRIS administrador José Manuel Rodrigues
58.859,00 € STCP administrador Fernanda Meneses
TOTAL: 3.706.630,00 €

51.892.820,00€ Valor do ordenado anual (12 meses + subs Natal + subs férias)
926.657,50 € Média Prémios
TOTAL: 52.819.477,50 €

900,00 € Média de um funcionário público/mês
58.688,31 - nº de funcionários públicos que dá para pagar com o mesmo dinheiro.

Vida...

Cada um que passa em nossa vida passa sozinho...

Porque cada pessoa é única para nós, e nenhuma substitui a outra...

Cada um que passa em nossa vida passa sozinho, mas não vai só...

Levam um pouco de nós mesmos e deixam um pouco de si mesmos.

Há os que levam muito, mas não há os que não levam nada.

Há os que deixam muito, mas não há os que não deixam nada.

Esta é a mais bela realidade da vida...

A prova tremenda de que cada um é importante e que ninguém se aproxima do outro por acaso!

Eu não preciso de ti.

Tu não precisas de mim.

Mas,

se tu me cativares, e se eu te cativar...

ambos precisaremos, um do outro.

..

Antoine de Saint-Exupery

trendY?

dimensionar

Após formação mãos á "obra" ;) não na massa mas no Cypecad!

Fazer malha estrutural, dimensionar, calcular, analisar, rever, simplificar e ...conseguir!

"Veronika Decide Morrer"

Paradoxo Angustiante

"Há tantos burros mandando em homens de inteligência, que ás vezes fico pensando, se a burrice não será uma ciência." 
António Aleixo


“Finge-te de idiota, e terás o céu e a terra.”
Nelson Rodrigues


"O próprio viver é morrer, porque não temos um dia a mais na nossa vida que não tenhamos, nisso, um dia a menos nela."

Fernando Pessoa


"As decepções, as derrotas, o desânimo são ferramentas que Deus utiliza para mostrar a estrada."
Paulo Coelho


"Se queres viver, prepara-te para morrer."
Sigmund Freud


"Chegou um tempo em que não adianta morrer. Chegou um tempo que a vida é uma ordem."
Carlos Drummond de Andrade


"Me enganei com os brilhos nos teus olhos, era apenas o reflexo dos meus."
Paulo A. Antunes


"A sabedoria é um paradoxo. O homem que mais sabe é aquele que mais reconhece a vastidão da sua ignorância."
F. Nietzsche.

Descobri que sou:


Carneiro com Ascendente em Sagitário

O Ascendente Sagitário acentua a natureza moral, idealista e impetuosa de Carneiro. O amor é muito importante na vida deste ser, e os sentimentos são exaltados e nobres. Tem muitos entusiasmos e a sua vida varia conforme a paixão do momento. Aprecia a vida agitada, as aventuras e os desportos. O Carneiro e o Sagitário são temperamentos parecidos de modo que sai reforçada a sua intuição, a impulsividade, o carácter independente e dominador, mas também generoso e optimista. É confiante em excesso por isso fácil de enganar, uma vez que não desconfiará da duplicidade dos outros. Sofre muito com as decepções e com as traições dos outros, mas também se sensibiliza com atitudes generosas, que tenham para com ele.

O Sagitário exprime-se sem rodeios, o que faz intensificar essa característica já existente no Carneiro e também lhe reforça o estilo directo e vivo. Além disso acrescenta-lhe optimismo, poder comunicativo e uma tendência para tempestades súbitas mas de curta duração. Tanto o Carneiro como o Sagitário tendem em ir para além das suas forças, de maneira que com esta dupla tendência deverão ter cuidado para evitar acidentes causados pela fadiga.

O Sagitário pode dar ao Carneiro uma tendência para a megalomania, mas também bom humor e uma noção do seu próprio valor, que o Carneiro puro não tem.

O Sagitário dá ao Carneiro uma configuração de rosto alongada e estreita, um perfil convexo e o nariz ossudo, que com a maturidade se arredondam, dando ao nativo um ar importante.

uma especie de motivação

"Consulte não a seus medos mas a suas esperanças e sonhos.
Pense não sobre suas frustrações, mas sobre seu potencial não usado.
Preocupe-se não com o que você tentou e falhou, mas com aquilo que ainda é possível a você fazer."



( Papa João XXIII )

a uma Sexta de Setembro

"Corra o ano como for, haja em Agosto e Setembro calor."
Provérbio

É por estas e por outras que adoro provérbios. Objectivos, curtos e de fácil compreensão "falam" como ninguém! Este de Setembro e Agosto traduz na realidade o que maioria faz ao longo do ano: esperar que chegue o calor, os dias de férias, sol, diversão e relax!
Pessoalmente gosto mais de Setembro e dos seus dias amenos. Do virar de página do passado de Julho e de motivada esperar por um próximo Agosto.
Os planos são apenas no máximo para amanhã e vou estar deitada tranquilamente...sem horas para nada...vestir uma roupa leve e alegre...e sentir-me a flutuar!


A uma sexta de Setembro...

1º dia de aulas da Matita

Hoje é o 1º dia de aulas da Matita.

No meio do entusiasmo do primeiro dia a angústia da mamã e da Matita eram visíveis. O que não é de estranhar, pois ao contrário da Matilde muitos meninos choravam agarrados às mães e como explica Ana Sofia Melo, psicóloga escolar e da educação «Algumas crianças têm tendência para evidenciar comportamentos ansiosos, choro frequente, pesadelos e agitação nocturna, evitamento, medos, ansiedade de separação face aos pais».

Tentei ajuda-la a ter uma boa noite, conversei com ela, fizemos-lhe uma massagem para que ficasse mais relaxada e reduzisse a ansiedade que apareceu estes dias e ela lá adormeceu.

A Matita manteve o seu estilo e enfrentou impecável a situação: á 8:55h saiu do carro com a nova mochila de rodinhas da “Tinker Bell”, que ela própria criteriosamente escolheu no Corte Inglês, e lá fomos os 3 a conversar até á entrada do colégio que estava enfeitado com balões e cartazes a anunciarem as boas-vindas. Aí encontramos a Mafaldinha e ambas seguiram juntas de mãos dadas até á sala de acolhimento onde os outros coleguinhas esperavam para formar o comboio que os ia levar á salinha. Dei um grande beijão na Matita e disse-lhe para se divertir! Porque se aprender for uma diversão acaba por ser uma distracção e não uma obrigação.

Estou feliz por um lado, vejo a minha menina crescer a tornar-se responsável, mas por outro lado vejo-a a perder a infância e a entrar no “sistema”. È um misto muito significativo e intenso de emoções. Sobre isto vou reflectir, absorver ao máximo tudo e tirar daqui mais uma experiência.

Por muito difícil e quase impossível que seja tento sempre proteger a Matilde das dificuldades da vida havendo sempre formas de prevenção e aconselhamento. Mas o medo que as crianças sentem da mudança faz parte de uma etapa que as ajudará a serem mais autónomas, mais responsáveis e a relacionarem-se consigo e com o mundo.

Comecei a estimular a Matilde com tarefas e jogos adaptados a esta etapa, que elogiem e reforcem as suas aquisições, de modo a fortalecer a auto-estima, falei positivamente da escola como o local onde vão aprender mais sobre a vida e fazer novos amigos. Tentamos criar um ambiente familiar em que a Matilde assume um papel activo e interventivo na interajuda, onde existe comunicação efectiva e aberta e espaço para o diálogo, onde se proporcione a protecção mas se faculte a autonomia e a responsabilidade.

È mais um dia marcante na história de vida da Matilde assim como tantos e bons espero com ela a partilhar. Só quero que seja serena e tenha dentro dos problemas que a vida impuser a maior tranquilidade possível para atingir os objectivos que ela traçar.



Que a vida te sorria minha princesa!

Numa de decor

Ando de novo na fase do decor. "Já mudaste a cor das paredes outra vez!" è a frase comum que todos dizem quando vão lá a casa. Se calhar canso-me rapidamente não das coisas mas das cores das coisas: mobiliário, paredes, almofadas, etc.. sim é mesmo isso! E estou na saga do decor, esta numa de clean "cacarecos" e organização total. Será com certeza uma veia da minha profissão em que o registo, a evidência, o detalhe e o poder de síntese são primordiais. E Além de tudo sou uma "decor victim" assumida desde os 18 aninhos altura em que comecei a viver num espaço apenas por mim habitado. Depois vem a filha, o marido e também os espaços deles têm que os reflectir (digo eu e eles que me aturem). Estou numa de escritórios domésticos por isso qualquer sugestão é bem-vinda!

BIBAM!