SOPHIA DE MELLO BREYNER - AÇORES


Açores
Há um intenso orgulho
Na palavra Açor
E em redor das ilhas
O mar é maior
Como num convés
Respiro amplidão
No ar brilha a luz
Da navegação
Mas este convés
É de terra escura
É de lés a lés
Prado agricultura
É terra lavrada
Por navegadores
E os que no mar pescam
São agricultores
Por isso há nos homens
Aprumo de proa
E não sei que sonho
Em cada pessoa
As casas são brancas
Em luz de pintor
Quem pintou as barras
Afinou a cor
Aqui o antigo
Tem o limpo do novo
É o mar que traz
Do largo o renovo
E como num convés
De intensa limpeza
Há no ar um brilho
De bruma e clareza
É convés lavrado
Em plena amplidão
É o mar que traz
As ilhas na mão
Buscámos no mundo
Mar e maravilhas
Deslumbradamente
Surgiram nove ilhas
E foi na Terceira
Com o mar à proa
Que nasceu a mãe
Do poeta Pessoa
Em cujo poema
Respiro amplidão
E me cerca a luz
Da navegação
Em cujo poema
Como num convés
A limpeza extrema
Luz de lés a lés
Poema onde está
A palavra pura
De um povo cindido
Por tanta aventura
Poema onde está
A palavra extrema
Que une e reconhece
Pois só no poema
Um povo amanhece"

de Paulo Borges

"Terrorismo? Horror? Não há terrorismo nem horror maior que o da cultura social dominante que te leva a crer que és um eu isolado, vulnerável e carente, separado dos outros, do cosmos e do infinito, quando na verdade não tens princípio nem fim, és vasto e luminoso como o céu aberto e omniabrangente e omnipresente como o espaço que a tudo abarca e impregna. Não há terror nem horror maior que a ignorância.  

P.S. – Se achas estranho dizerem-te que és isto, vê bem se encontras e onde está o “eu” limitado, separado e independente que tu e os outros julgam existir. Vê bem se isso que achas que és tem alguma forma ou característica objectiva, que seja mais do que uma construção mental."

Alberta Marques Fernandes

"Só somos insubstituíveis no coração de quem nos ama"

Mantras

【São Francisco de Assis】➤ Quando não há nada mais a ser dito, silencia. Quando não há mais nada a ser feito, permitas apenas ser, apenas estar e fica na companhia do teu Coração e este indicará o momento apropriado para agires.

【Paulo Coelho】➤ Há que lutar pelos sonhos, mas há que saber também quando certos caminhos se mostram impossíveis é melhor guardar as energias para percorrer outras estradas.

LadyDi 20 anos depois


1 de Setembro, o teu dia para Sempre Vóvó

As saudades sufocam. A cada ano que passa mais orgulho tenho em ti, mais quero ter a tua garra, o teu carinho nas atitudes, o teu gosto em cozinhar para nos mimar, a justiça que te era fiel. Vóvó, pelas tuas palavras, pelas mil e uma histórias, pela sabedoria das palavras certas, pela humildade, pelo sexto sentido apuradisdimo, pela retidão, pela poder da união, pelo silêncio acolhedor e por tanto que descubro de ti mesmo não te vendo, serei sempre grata por seres a minha Vóvó. Saudades